Compromisso é “avançar na modernização do estado”, afirma Zé Eliton

Compromisso é “avançar na modernização do estado”, afirma Zé Eliton

9
Crédito|: Jota Eurípedes

Escolha de equipe leva em conta “capacidade técnica, competência e representatividade política”, diz vice-governador. Objetivo é “construir uma plataforma que garanta a consolidação de conquistas goianas”. Segundo avalia, “todos terão nos ombros a missão difícil de dar sequência ao trabalho de profissionais do mais alto relevo que auxiliaram o governador Marconi Perillo e que fazem de Goiás um referencial de gestão pública saudável”

“A missão é construir uma plataforma que garanta a consolidação de conquistas goianas”, afirmou nesta quinta-feira (1º/02) o vice-governador Zé Eliton, durante cerimônia de posse de sete novos auxiliares do governo realizada no auditório do Itego em Artes Basileu França, no Setor Universitário. A escolha, segundo ele, leva em conta “competência, capacidade técnica e, naturalmente, representatividade política”. Na sua análise, “todos eles terão nos ombros a missão difícil de dar sequência ao trabalho de profissionais do mais alto relevo que auxiliaram o governador Marconi Perillo e que fazem de Goiás um referencial de gestão pública saudável”, disse.

Segundo Zé Eliton, “todos trazem consigo a motivação e o compromisso inarredável para com o prosseguimento da modernização de um estado que se revela no país como referência em desenvolvimento econômico e social”. Ele observou que equalizar a balança do equilíbrio das contas públicas com a necessidade de investimentos não é fácil, por isso, “o momento é de alegria mas também de muita responsabilidade para todos”.

Zé Eliton saudou os empossados: na Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos (Secima), Hwaskar Fagundes, da HF Engenharia e Empreendimentos Ltda; na Agência Goiana de Habitação (Agehab), Cleomar Dutra Ferreira, da CEF; na Secretaria Extraordinária, Benitez Brandão Calil, da Secretaria de Trânsito de Goiânia; na Celg Telecom, Edivaldo Cardoso de Paula, da Agência Brasil Central; na Agência Brasil Central, João Bosco Bittencourt, da Chefia de Comunicação Setorial do Gabinete Particular do Governador; na Chefia de Comunicação Setorial, Jarbas Rodrigues Júnior, de O Popular; na Superintendência Executiva da Secima, Lucas Pugliesi Tavares, da Agrodefesa.

“Cada um deles representa um segmento da sociedade e representa um sopro novo no governo”, acentuou Zé Eliton. “São pessoas que vêm do setor privado, do setor público de outras esferas, da área de comunicação; jovens que já se despontam nas suas diversas atividades, dentro de um conceito que é muito caro para o governador e para mim, que é gerar oportunidades”, observou.

“Procuramos estabelecer novos nomes para que a política goiana possa se modernizar, avançar”, afirmou Eliton, lembrando, contudo, que é importante preservar experiências como forma de transferência de conhecimento e saber, de garantir a prudência nas diversas decisões governamentais.

Perfil

O vice-governador destacou que Hwaskar Fagundes assume uma área responsável pelas políticas de infraestrutura do estado, de preservação dos recursos ambientais, de planejamento das cidades, enquanto Benitez assume área fundamental, “seja nas políticas de inclusão social, seja nas políticas de qualificação profissional, que criam oportunidades e perspectivas”.

Lembrou que o jornalista Jarbas Rodrigues, com sua experiência e competência terá a responsabilidade de fazer da transparência cada dia mais um marco deste governo. “Hoje, pela liderança do governador, os organismos nacionais já colocam o estado como o mais transparente da república brasileira e nós esperamos avançar nesse sentido, estabelecendo com clareza a comunicação com a sociedade, os desafios e as angústias do governo, mas também as realizações que são muitas e gigantescas”, acentuou.

Eliton referiu-se, também, a Lucas Pugliesi, que auxiliará Hwaskar Fagundes na Secima, e a Edivaldo Cardoso, que assume a Celg Telecom que tem como principal desafio implementar o serviço de banda larga. “Estamos instalando uma rede ótica no estado que vai possibilitar à população usufruir do serviço de banda larga. Essa é uma agenda estratégica para o governo na área de tecnologia e inovação, e caberá a ele dar encaminhamento a esse processo”, disse.

Eliton saudou, ainda, Cleomar Dutra Ferreira, que deixa a Caixa Econômica para compor a equipe de governo. “Ele tem competência destacada, pelo presidente da Caixa Econômica e também pela superintendente Marize, como uma das maiores autoridades do setor de habitação do país, e vem agora unir seus esforços, competência e dedicação aos do estado, para estabelecermos políticas que sejam inovadoras em todos os seus aspectos”, ressaltou.

O vice-governador afirmou que o jornalista João Bosco Bittencourt assume a Agência Brasil Central com a missão de reconfigurar todo o sistema de comunicação do estado de Goiás, incluindo as mídias digitais. “Para que o processo de comunicação do governo possa fazer com que uma emissora estatal possa levar conteúdo de qualidade a todos os lares goianos”, observou.

Zé Eliton também agradeceu a todos os que estavam deixando o governo e que durante um tempo serviram com dignidade ao Estado e ao povo. Destacou a participação do ex-titular da Secima, Vilmar Rocha, “pelo seu trabalho em favor de todos os goianos”. Agradeceu, ainda, a Luis Stival, que, segundo destacou, “fez um belíssimo trabalho à frente da Agehab”; ao deputado Lucas Calil, que comandou a pasta da Juventude E a Mário João, que estava na Secretaria Executiva da Secima.

“Somos um governo que dialoga com todos”

O vice-governador Zé Eliton agradeceu ao governador Marconi Perillo pela sensibilidade em conduzir com ele o momento importante do estado, o da transição, “em que o estado é saudável financeiramente, cumpre suas obrigações, valoriza o servidor, abre sonhos a serem realizados”. Como exemplo, o vice-governador destacou o programa Goiás Sem Fronteiras, que estabelece intercâmbio de jovens de escolas públicas goianas com outros países. “Fico feliz em observar um estado que faz justiça social que estabelece como prioridade ações que modernizaram toda a infraestrutura, são mais de 6 mil quilômetros de malha viária recuperada, duplicações, construção de hospitais, um estado que tem uma agenda forte nessa área”, lembrou. “Mas, é um governo que dialoga com todos”, destacou.

Segundo Zé Eliton, o governador Marconi Perillo parte da convergência para a definição das políticas públicas. “Foi um governador que estabeleceu os fóruns, sejam empresariais, de trabalhadores ou patronais, como instrumento de diálogo e de construção de políticas públicas”. E mais uma vez enfatizou: “Não é com arrogância, com bravata, que se governa um estado; é com a sensibilidade de ouvir a todos”.

De acordo com Zé Eliton, na transição de governos, o governador Marconi Perillo dá mais um exemplo de republicanismo e de compromisso com o Estado. “Ele está construindo comigo uma equipe que terá, nesses nove meses, a missão de continuar com o padrão de qualidade nas ações governamentais, de modernizar naquilo que for preciso e possível, como uma agenda constante de alguém que inova e renova a cada dia”, disse.

O vice-governador reforçou que é essa agenda que o seu governo haverá de buscar. “Para que Goiás continue a se modernizar, a dar oportunidades aos goianos, para propiciar a realização de sonhos, para que as famílias possam ter perspectivas para o hoje e para o amanhã”, acentuou.

Anúncios de auxiliares serão por etapas

Segundo Zé Eliton, o processo de transição “é muito salutar”. Ele está discutindo com o governador Marconi Perillo todas as mudanças. “Estamos buscando alinhar conceitos técnicos com indicações políticas, de modo a garantir toda uma base que garanta a governabilidade, a liderança dentro do legislativo e procurando estabelecer quadros novos”, disse em entrevista, logo após a cerimônia de posse.

“Temos um cronograma que está sendo discutido pelo governador e por mim. Estamos buscando aliar competência com notória especialização, com capacidade reconhecida não só em Goiás, mas, no Brasil; portanto essa equação tem que se tratar com cuidado, é por isso que estamos fazendo a transição em etapas”, explicou.

Quanto à posse do novo secretário de Segurança Pública, Irapuan da Costa Júnior, o vice-governador afirmou que ela deverá ocorrer na próxima semana, possivelmente, na terça-feira. Lembrou que ele é um homem reconhecido nacionalmente pela sua excelência, formado em engenharia, foi governador, senador da República e deputado federal. “Um dos intelectuais brasileiros, e tem um cabedal de conhecimentos que o coloca em situação singular dentre as autoridades da segurança pública”.

Segundo Zé Eliton, “temos uma visão muito mais contundente da área de segurança pública, e isso caberá ao ex-governador Irapuan da Costa Júnior”, afirmou. Quanto ao secretário Ricardo Balestreri, Eliton destacou sua nova missão: conduzir uma pasta ampliada dentro do governo, como secretário-chefe do Gabinete de Assuntos Estratégicos do Governo de Goiás.

 

 

Sem comentários

Deixe uma resposta