Caldas Novas tem surto de conjuntivite; MS integra ação para combate

Caldas Novas tem surto de conjuntivite; MS integra ação para combate

16
Imagem: Reprodução Internet

A cidade de Caldas Novas, destino turístico no Sul de Goiás, está enfrentando um surto de conjuntivite: foram registrados 500 casos em dez dias. Uma equipe com integrantes do Ministério da Saúde (MS) e da Secretaria Estadual de Saúde (SES) viajou para a região nesta segunda-feira (22) para investigar o que teria causado o aumento nos casos da doença e iniciar medidas para combatê-la.

“O objetivo é apoiar o município na investigação do surto visando interromper a cadeia de transmissão. As principais ações do município já foram executadas. Agora, vamos intensificar as ações apoiando o município”, explicou ao ‘G1’ a coordenadora estadual do Centro de Informações Estratégicas e Resposta em Vigilância em Saúde, Ana Cristina Gonçalves de Oliveira.

De acordo com a Secretaria de Saúde de Caldas Novas, o número de casos é 30% maior neste ano em relação ao mesmo período do ano passado. Só a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) tem registrado cerca de 50 casos da doença por dia.

A doença

Os sintomas da conjuntivite são dor, coceira, vermelhidão e secreção nos olhos por até 15 dias. Os tipos mais comuns são o viral, o bacteriano e o alérgico.

Dicas para evitar o contágio

  • Lave com frequência o rosto e as mãos, pois são veículos importantes para a transmissão de microrganismos;
  • Evite coçar os olhos;
  • Aumente a frequência da troca de toalhas do banheiro ou use toalhas de papel para enxugar o rosto e as mãos;
  • Troque as fronhas dos travesseiros diariamente enquanto estiver contaminado;
  • Não compartilhe o uso de produtos de beleza em geral.

Sem comentários

Deixe uma resposta