Mulher morta por febre amarela teria sido impedida de tomar vacina

Mulher morta por febre amarela teria sido impedida de tomar vacina

14
Imagem: Reprodução Internet

Resultado de imagem para FEBRE AMARELA SAÕ PAULOA família de uma dona de casa, que morreu de febre amarela, diz que a mulher foi impedida de tomar a vacina por tomar antidepressivos. Abigail Pereira dos Santos Souza, de anos 54, é uma das vítimas da doença do Estado de São Paulo.

“Em novembro, encontramos um macaco morto em nosso quintal e, ainda que não tenha sido feito o exame adequado para atestar se o animal foi ou não vítima da doença, ficamos bastante aflitos. O episódio acabou estimulando todos da família a tomar a vacina”, conta a filha Jéssica Tatiane de Souza, de 32 anos.

Em entrevista ao UOL, Tatiane disse que a mãe foi a única da família que não foi imunizada.

“Ela nunca se negou a tomar a vacina”, diz Tatiane. “Ela foi informada que poderia morrer caso tomasse a vacina, mas acabou morrendo por não tomar a vacina”, completa.

A Secretaria de Saúde informou que será aberta uma sindicância para apurar os fatos denunciados pela família. Além disso, declarou que “não houve e não há impedimento para nenhum paciente que não seja contraindicado”. Reprodução

Sem comentários

Deixe uma resposta