Morre dissidente chinês e Nobel da Paz Liu Xiaobo

Morre dissidente chinês e Nobel da Paz Liu Xiaobo

35

Morreu nesta quinta o dissidente chinês e Prêmio Nobel da Paz Liu Xiaobo. Ele tinha 61 anos de idade e havia sido liberado da prisão para tratar um câncer no fígado. A Alemanha chegou a oferecer tratamento ao prêmio Nobel, mas a China recusou sua transferência:

“Liu e sua esposa expressaram claramente o desejo de deixar a China. A Alemanha está pronta para acolher e fornecer a ele o tratamento médico”, declarou o porta-voz do governo alemão, Steffen Seibert.

O porta-voz do ministério chinês das Relações Exteriores, Geng Shuang, chegou a dizer nessa quarta-feira que os outros países deveriam respeitar a soberania judicial chinesa e “não interferir nos assuntos internos da China sob pretexto de um caso individual”.

Liu Xiaobo, professor e intelectual, cumpria pena de 11 anos de prisão por “subversão” desde 2009, após ter participado da assinatura de um texto que defendia a democracia na China.

 

Sem comentários

Deixe uma resposta